Comunicação é Tudo

By André Gibran | Comunicação

o-poder-da-comunicacao

​Persuasão, Influência, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas...

​Todas essas palavras acima são palavras muito buscadas na internet. Você sabia que todo mês mais de 27.000 pessoas digitam no Google o título do livro de Dale Carnegie, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas? ​Também pudera! O livro traz grandes ensinamentos sobre a arte/ciência mais importante que existe e mais utilizada na vida de um ser humano: a COMUNICAÇÃO!

Neste artigo você vai entender exatamente o grande poder que a comunicação exerce na sua vida, e eu vou te convencer a estudar esse assunto com mais afinco e atenção do que tem feito nos últimos anos. Se existe algum assunto no qual você deveria ser PHD, esse assunto é comunicação.

livro-como-fazer-amigos-e-influenciar-pessoas

​Todo mundo quer saber (inclusive você que está lendo esse artigo), o que fazer para ser mais querido pelas pessoas, como convencer as pessoas a adotarem seu ponto de vista, como persuadir e influenciar pessoas pra que façam aquilo que ​você quer. Você quer convencer seu cliente a comprar, convencer sua mulher a gastar menos, seu marido a viajar mais, seus filhos a guardarem os brinquedos após brincarem. Quer convencer o vendedor a te vender mais barato, quer ser bem tratado por onde quer que passe, quer receber sorrisos das pessoas em vez de carrancas.

Legal! Tudo isso é possível através da comunicação!

​Um cara normal num emprego normal...

​Pra você entender bem o poder da comunicação, vou te contar a história de um cara normal, num emprego normal, com uma vida normal.

​Um cara normal de 30 anos insatisfeito com seu emprego normal das 09:00h às 17:00h, com uma vida normal de férias uma vez por ano, ansiando desesperadamente pela sexta-feira e temendo mortalmente a segunda-feira. Sem medo de roubar a frase da música do Roberto Carlos, esse cara sou eu. Pelo menos era (graças a Deus!).

 vida-normal-e-frustrante-comunicacao-persuasao-ajudam

​O emprego normal era o meu trabalho como Escrevente Técnico Judiciário no Tribunal de Justição de São Paulo. ​Já nesse trabalho as habilidades de comunicação começaram a surtir efeito. 

​Eu sempre digo a todo mundo: o exercício da comunicação começa ao cumprimentar as pessoas no elevador, ser gentil e simpático, se importar com os outros e desejar sempre um bom dia. E eu sempre fiz isso no prédio onde morava. E foi dessa forma que conheci o Adilson.

​O Adilson era Escrevente também, e trabalhava na comarca de Guarulhos. Eu ainda não te contei, mas eu trabalhava um pouco longe de casa nessa época, na Penha. Meu sonho imediato não era nem sair do emprego, mas trabalhar mais perto de casa. E eu morava em Guarulhos!

​Pois bem, resumindo a história, conversa vai conversa vem (comunicação), descobri que o Adilson estava deixando a comarca de Guarulhos e precisava indicar algum Escrevente pra ficar em seu lugar. Gentilmente me coloquei à disposição, e uns dois meses depois eu já estava trabalhando na 7ª Vara Cível da Comarca de Guarulhos! Pertinho de casa! Sucesso!

​Primeira vitória da comunicação!

​Pense bem: se eu não fosse uma pessoa comunicativa, se não puxasse conversa com estranhos e nem cumprimentasse ninguém como vejo tanta gente fazendo diariamente, essa oportunidade jamais teria surgido. Analisando racionalmente, houve uma mudança de vida, cujo gatilho principal foi a comunicação.

​Mas eu não queria ser Escrevente pra sempre...

​Não queria mesmo. Sempre acreditei que devemos fazer aquilo que amamos, e eu não amava aquele trabalho. Gostava das pessoas que trabalhavam comigo, mas não do trabalho em si.

Não me entenda mal, não era um trabalho horrível. Por mais que falem mal de funcionários públicos, tudo o que vi no Tribunal de Justiça foram pessoas dedicadas a suas funções e que muitas vezes faziam horas extras para dar conta do serviço. Lembro-me carinhosamente de amigos dedicados, tanto no fórum da Penha como no fórum de Guarulhos, que faziam com que meus dias de Tribunal fossem mais agradáveis.

O problema era eu! Eu ainda não sabia direito o que queria da vida, mas já sabia o que não queria: trabalhar no fórum.

​De tanto buscar algo que me motivasse, encontrei o Marketing Digital por acaso. Foi pesquisando na internet sobre formas de ganhar dinheiro que acabei comprando meu primeiro curso de Marketing Digital.

marketing-digital-e-comunicacao

​Comunicação e Marketing Digital

​Do primeiro curso que comprei até este momento em que escrevo pra você já se passaram 5 anos! E nesses 5 anos muita coisa mudou:

  • Consegui largar meu emprego no Tribunal de Justiça para viver de Marketing Digital;
  • Fiz meu primeiro lançamento de um curso online em parceria com uma tia minha chamada Elza, e juntos faturamos em 20 dias cerca de R$3.500,00, o que na época equivalia ao meu salário de um mês no Tribunal;
  • Fiz o primeiro lançamento de um curso só meu na internet, e em 7 dias ganhei R$2.500,00.

E as coisas foram melhorando...

  • ​Montei um curso online para o mercado de artesanato que me trazia uma renda praticamente passiva de cerca de R$4.500,00 por mês;
  • Montei outro curso online para o mercado de artesanato, ensinando artesãs a se comunicarem por vídeo e montarem seus próprios cursos online, e desse vez faturei mais de R$40.000,00 em vendas em apenas 7 dias.

​Depois de tudo isso, com tanta experiência acumulada, cheguei à seguinte conclusão:

​Marketing Digital não serve pra nada!

​E é nesse ponto que você está morrendo de vontade de me xingar, não é?! kkkkkkk! Mas não faça isso. Tá bom, se quiser faça, não estou ouvindo mesmo, mas deixa eu me explicar primeiro. Preciso completar a frase pra que ela faça sentido. Então lá vai:

Marketing Digital não serve pra nada sem a ciência da comunicação!

​Agora sim! Faz sentido, não faz? Vamos ver...

​Quando comecei no Marketing Digital aprendi que eu precisava ter um blog. Era o que se falava na época. O blog serviria pra atrair pessoas, que então me conheceriam, acabariam conhecendo meus cursos e os comprariam.

​Depois aprendi também a importância de ter canais em redes sociais como Facebook, Youtube e Instagram. Eu deveria postar conteúdo nessas redes com a mesma finalidade: atrair pessoas, gerar engajamento (fazer com que se envolvessem com meu conteúdo) e vender pra elas.

​E depois aprendi algo valiosíssimo: a importância de criar vídeos.

redes-sociais-marketing-e-comunicacao

​Mas agora me ajude aqui a pensar um pouquinho... Do mesmo jeito que eu aprendi tudo isso, outras pessoas que conheci também aprenderam. Tenho hoje amigos da época de aprendizado que desistiram completamente do Marketing Digital porque não conseguiram o sucesso que eu consegui. E o que eu quero pensar junto com você é: por que?

​Por que eu consegui, e eles não? Será que eu sou mais esforçado? Garanto a você que não! Tive amigos tão dedicados e empolgados que eu tinha certeza que conseguiriam muito mais sucesso e vendas do que eu...

Será que sou mais motivado? Também não... Houve tempos em que eu queria desistir de tudo e simplesmente me conformar em arrumar um emprego e viver a vida até me aposentar.

​Tá difícil de achar a resposta? Pra mim foi bem difícil. Se eu tinha amigos tão inteligentes e motivados, às vezes muito mais do que eu, por que então eles não tiveram o mesmo sucesso, ou mesmo um sucesso muito maior do que o meu? Por que acabaram desistindo e dando outro rumo a suas vidas?

​A resposta é o título deste artigo: simplesmente porque comunicação é tudo!

​Esses amigos a quem me refiro não tiveram esse feeling, essa certeza. Eles entendiam tudo de ferramentas, sabiam como fazer anúncios no Faceboook, dominavam tudo sobre Google Adwords, SEO (otimização para mecanismos de busca), palavras-chave, analytics, métricas... Mas achavam que isso era o mais importante.

​O poder do foco

​Veja, foco é uma coisa poderosa, mas perigosa. Se você foca na estratégia certa, seu caminho é acelerado porque tudo o que você faz te leva pra mais perto daquilo que você quer. Por outro lado, se foca na estratégia errada, nas técnicas, erradas, você se desvia grandemente do caminho, se perde, e a possibilidade de desistir no meio dessa bagunça é muito grande.

​Foi o que aconteceu com meus amigos. Em vez de colocarem a maior parte da sua atenção na comunicação, deram mais atenção às ferramentas. Em vez de focarem na comunicação em si, na maneira de falar, no que escrever para convencer, focaram apenas em aspectos técnicos. E isso é uma grande armadilha.

​Comunicação na prática

​Vamos entender melhor isso. Pense comigo.

Vamos supor que você tenha um curso online pra vender, e que você quer impulsionar suas vendas através de publicações no Instagram. Ok. Então, na prática, você vai precisar criar um texto ou um vídeo pra poder postar no Instagram. Depois de criar esse texto, vai mexer na ferramenta, que é o próprio Instagram. Vai ter que saber como ter o aplicativo no seu celular, que botões pressionar pra publicar a postagem, que hashtags usar, etc. Conhecimento técnico.

​Vamos traduzir em termos simples:

O texto que você vai escrever é a comunicação pura. Suas palavras levarão sua mensagem ao seu futuro cliente. Já o meio de comunicação será o Instagram, a parte técnica.

​TEXTO= Comunicação Pura
INSTAGRAM= Meio de Comunicação

Conhecer a parte técnica do meio de comunicação é importante, mas se a mensagem em si não for persuasiva o suficiente, se ela não for adequada ao público que vai recebe-la, se não chamar a atenção ou não gerar curiosidade, tudo estará perdido.

o-poder-da-comunicacao

​Você pode entender o que quiser sobre a parte técnica, e quanto mais entender mais sábio se sentirá, porque você terá muito conhecimento acumulado. Mas cedo você vai descobrir que focou no conhecimento errado. Vai descobrir que marketing se trata de conversar com pessoas, e que o meio de comunicação vai variar ao longo dos anos e décadas, mas que os princípios que regem uma comunicação poderosa vão permanecer praticamente inalterados.

​Sendo assim, de nada vai adiantar se você souber tudo sobre Facebook, Instagram, blogs ou qualquer outro meio de comunicação se não souber o que falar ou como falar.

Não adianta saber que o YouTube é uma das plataformas de maior crescimento nos últimos anos, saber tudo sobre como ranquear seu vídeo nas primeiras posições de busca, mas não saber transmitir sua mensagem com empolgação, de uma maneira que o público entenda, goste e queira mais! É preciso saber o que falar e como falar, saber organizar os pensamentos e ideias e transmiti-los de modo interessante, que prenda a atenção e que deixe sempre um gostinho de quero mais.

​​Por fim, o que eu aprendi...

Quanto mais eu foco em me especializar em comunicação, mais vendas eu faço. Ao mesmo tempo, melhor fica a minha vida pessoal, melhor é a qualidade das conversas que tenho com minha esposa e com a minha família e amigos. 

​Percebi que dependendo do modo como começo um vídeo ou uma LIVE (evento ao vivo), fica mais fácil ou mais difícil de fazer vendas no final. Percebi que expressões faciais e gestos corporais importam muito, assim como tom de voz e estado mental.

​Trocando em miúdos, minha recomendação é que você se torne perito em comunicação. Estude o assunto. Muito. Especialmente se você vive de marketing digital ou vendas. Mas se não vive disso, faça pela qualidade da sua vida pessoal e no seu trabalho. Te dou 100% de certeza que você só tem a ganhar.

​Que esse artigo de hoje siga como orientação inicial pra você. Há muito mais que eu quero te falar e te ensinar e farei isso em futuros artigos, vídeos e até treinamentos completos. Por enquanto quero te deixar uma lista de livros que me ajudaram a chegar onde estou em matéria de comunicação. ​Não precisa se desesperar e sair lendo todos, mas escolha um e manda ver!

​7 Sugestões de Livros pra Aumentar seu Poder de Comunicação

​Faça download do guia que preparei pra você com os 7 livros sugeridos pra aumentar seu poder de comunicação no Marketing Digital e na sua vida pessoal!

envelope
envelope
Follow

About the Author

Multi-Empreendedor Digital desde 2013, apaixonado em ajudar através da internet, servo de Deus, viciado em progresso e positividade. Há muito tempo percebi o poder da comunicação, e desde os 14 anos leio e aprendo sobre esse assunto, e agora compartilho aqui com carinho pra você!

  • Josimaria disse:

    Verdade! Comunicação é tudo mesmo! Obrigada, André, pelo artigo!

  • Excelente conteúdo! Ansiosa por mais conteúdos como esse!

  • Cibele disse:

    Lendo sua matéria, fui lembrando de mim aqui. Graças a minha comunicação, consegui muitas coisas boas. Mas não é o suficiente e suas orientações são excelentes!

  • Adelia disse:

    Obrigada mais uma vez, André! Que Deus te ilumine para mais artigos assim... bjs

  • Elza Alberto Machado de Campos disse:

    Gostei muito André , este é um assunto que me apaixona, vou tentar ler todos os livros mas tenho certeza que lendo um e com os seus ensinamentos já conseguirei melhorar muito na área da comunicação. Parabéns pela sua iniciativa.

  • Sandra disse:

    Muito bom André, vou seguir suas indicações e me aperfeiçoar. Realmente, comunicação é tudo.

  • Dani disse:

    André, sem palavras.... você é o cara! Quanta sabedoria.
    Acabo de descobrir que falta o principal COMUNICAÇÃO

  • Daiana Fonseca disse:

    Show André. Obrigado por compartilhar conhecimento conosco.

  • Daiana Fonseca disse:

    Show André!!! Como sempre arrasando. Obrigado por compartilhar conosco são conhecimentos valiosos que só acrescentam.

  • Kátia Carmosira de Fátima Cotrim Bardão disse:

    Muito otimo André , adoro suas dicas ,vou pôr em prática estou controlando a hanciedade e vai dar tudo certo

  • Amei o texto André, certamente comunicação faz toda a diferença, eu fiz faculdade de Comunicações, me formei em Relações Públicas e este é um tema fascinante pra mim, sempre precisamos estudar e aprender mais, vamos que vamos. Bem, só estou pensando numa coisa, cadê tempo pra ler estes livros???? kkkk - ainda bem que escutar suas aulas posso fazer enquanto vou organizando os tecidos para gravas as próximas aulas minhas. Vamos em frente professor. Deus te abençoe!

  • Rosalvi Silva disse:

    Que artigo maravilhoso, incentivador, comunicação, é de fato uma das minhas maiores dificuldades, creio que de muitas outras pessoas também, depois de ler o seu artigo descobri que terei que mudar de foco, colocar em primeiro plano a comunicação. Parabéns André, pelo profissional que vc é, mais principalmente, por se importar tanto com as outras pessoas.

  • >